O mercado é um dos conceitos chave em economia. Fortemente desenvolvido nos últimos séculos, ele não é exclusivo da civilização ocidental; sabe-se que outras civilizações e culturas, em especial a chinesa, vinham praticando esse conceito de redistribuição econômica em séculos anteriores. O mercado depende de um conjunto de leis e regulações, que sejam observadas e aceitas por um grande número de participantes, para poder funcionar de forma eficiente.

Dinâmica

Mas o conceito abstrato que é estudado em economia é um pouco diferente do conceito real que encontramos em nosso cotidiano. A principal diferença é o caráter dinâmico do mercado. As regulações alteram continuamente seu funcionamento, tentando se adaptar a novas circunstâncias.

Por vezes, uma alteração na lei cria todo um novo mercado que até aí não existia. É o que está acontecendo com as apostas esportivas no Brasil. Até agora, sites como o http://kto-aposta.com viviam de dar conselhos para apostar exclusivamente em plataformas de apostas baseadas no exterior. Com o fim do processo de regulação e concretização do mercado de apostas, que está previsto para junho de 2020, novos sites baseados no Brasil poderão surgir e competir, dentro da legalidade e em total igualdade de circunstâncias com os restantes.

Aproveitar e criar as oportunidades

Empreeendedores e consumidores precisam estar atentos a mudanças no mercado para aproveitar as oportunidades trazidas pela dinâmica das leis e dos regulamentos. Ademais, muitas vezes os empreendedores devem fazer “lobby” político para mudar a legislação, de forma a que possa ser criada uma oportunidade em seu favor. Foi o que aconteceu com as apostas esportivas, ainda que a mudança tecnológica e social trazida pela internet tenha tido aí um papel muito importante.

Além do papel da política, é necessária a intervenção dos advogados e especialistas jurídicos para que as alterações criem oportunidades justas e equilibradas para todas as partes envolvidas.